Como a gente já tinha comentado em outras palavras, estamos dando adeus a esse blog. A ideia inicial era escrevermos sobre coisas diversas que valeriam a pena tanto pra nós colaboradores quanto para o público, e foi muito gratificante estarmos aqui desde 2010, mas chega um momento em que as coisas mudam, todos os nossos colaboradores estão seguindo uma vida diferente, cada com seus sonhos e objetivos faz com que a vida se torne mais corrida. Estamos naquele período de namoro faculdade, novas amizades e ingresso no mercado de trabalho. Crescemos assim como nosso blog cresceu durante esses últimos anos. Não vamos deletar porque valeu a pena todo esse tempo e quem sabe voltaremos um dia voltamos para seguir com novas ideias ou continuar aquilo que um dia foi aprendizado.

Há, nossos colaboradores se falam de vez em quando ainda.. quando é possível rsrs. Álvaro está terminando a faculdade de Relações Internacionais e começando psicologia, Giulia montou uma banda e está rica agora, Hugo se formou em Sistemas Informações e está trabalhando como analista de sistemas, Marcela está fazendo Direito e a Susanne Letras!!! Poderemos um dia voltar abordando nossas áreas, o que acham? Legal neh? Vamos aguardar.

Caso queiram entrar em contato, Cliquem aqui!
            Oi, gente, tudo bem? Eu sei, estou muito atrasada, o Brasileirão 2013 já acabou há muito tempo, já estamos até em 2014... então: FELIZ 2014, queridos leitores J
            Mas de fato, eu tenho um motivo muito, muito forte pra ter demorado tanto pra escrever: o Brasileirão 2013 passou de disputas de futebol para disputas judiciais... eu achei que tudo se resolveria em dezembro do ano passado, mas ainda nada foi decidido.
            Eu vou falar da 38ª rodada e depois das classificações e os “imbróglios” judiciais... então vamos acabar logo com isso...

38ª Rodada:

Sábado, 07/12/2013 – 19h

Flamengo  1 x 1  Cruzeiro - Valeu pela alegria. Com dois belos gols de Hernane e Souza, Flamengo e Cruzeiro fizeram a festa dos campeões nacionais e se despediram do Campeonato Brasileiro e de 2013 com um jogo pegado, de belos gols, bolas na trave e grandes defesas. O clima era de festa. Antes da partida, os times exibiram os troféus do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. Depois, trocaram as faixas de campeões nacionais nesta temporada. Com um bom público para um jogo que foi considerado até esvaziado por muita gente, o Maracanã viveu mais uma tarde de emoções.

Sábado, 07/12/2013 – 19h30

Náutico  1 x 0  Corinthians - A despedida oficial de Tite do Corinthians poderia ter sido melhor. Muito melhor. Na Arena Pernambuco, o time alvinegro perdeu para o Náutico por 1 a 0 pela última rodada do Campeonato Brasileiro, em um jogo sem qualquer importância para ambos os clubes. Foi o encontro dos piores ataques da competição (Náutico, agora, 22 gols; Corinthians, 27). Os paulistas, por sinal, não vão perder o "título" de melhor defesa, apenas 22 sofridos. Mas a derrota para um Náutico que vinha de 12 derrotas consecutivas, já rebaixado e com a última colocação garantida no nacional, não deixa de ser vexatória.

Domingo, 08/12/2013 – 17h

Bahia  1 x 2  Fluminense - Nas últimas semanas, a cada gol sofrido, a cada bola perdida, a cada derrota, ela surgia. A expressão "pague a Série B", criada por torcedores rivais como forma de cobrança ao Fluminense pelas viradas de mesas na década de 90, enfim, perderá o seu motivo de ser. Sem depender de suas próprias forças, o tricolor carioca foi até Salvador tentar surpreender o Bahia e ainda na torcida pelos tropeços de Coritiba e Vasco. Não deu. O time até fez sua parte, venceu por 2 a 1, mas está rebaixado para a segunda divisão com o triunfo dos paranaenses. ( Isso era o que todos achávamos, mas aparentemente, o Fluminense vai virar a mesa de novo)

Botafogo  3 x 0  Criciúma - Por aqueles caprichos do futebol, o reencontro da torcida do Botafogo com o Maracanã, palco dos tempos de glória do time em que brilhava Nilton Santos, só se deu 11 dias após a morte do ídolo. E, claro, em dia de homenagens a Nilton a Estrela Solitária não deixaria de brilhar. Com bela festa e reverências ao eterno camisa 6, o Botafogo venceu o Criciúma por 3 a 0, contou com tropeço do Goiás e está no G4. Agora, aguarda a decisão da Copa Sul-Americana para saber se volta à Libertadores. (Como a Ponte Preta perdeu a Copa Sul-Americana, o Botafogo ficou com a quarta vaga brasileira e vai disputar a pré-Libertadores)

São Paulo  0 x 1  Coritiba - Em um Campeonato Brasileiro no qual começou com tudo, liderou e acabou brigando para não cair, o Coritiba pode respirar aliviado. Em Itu (SP), o time coxa-branca derrotou o São Paulo por 1 a 0, garantiu sua permanência na elite nacional e rebaixou o Fluminense.

Atlético-PR  5 x 1  Vasco - As cenas vergonhosas das brigas nas arquibancadas da Arena Joinville, ficarão marcadas. A pancadaria entre os torcedores de Atlético-PR e Vasco, quando a bola já rolava para a última partida do Campeonato Brasileiro, produziu quatro feridos, muito choro e tensão. Ainda assim, a partida foi reiniciada, e o Furacão mostrou sua força: goleou por impiedosos 5 a 1, confirmou a vaga na próxima Libertadores e rebaixou o Vasco pela segunda vez em cinco anos.
            Cenas lamentáveis, mas tenho que resaltar que, assim como no jogo contra o Corinthians, não foi a torcida do Vasco que começou com a violência, pode-se ver, claramente, quando a torcida da Atlético-PR avançou a barreira de isolamento. De qualquer forma, foram cenas brutais que não deveriam acontecer no futebol brasileiro.

Atlético-MG  2 x 2  Vitória - O Atlético-MG se despediu do Brasileiro 2013 neste domingo, em casa, no estádio Independência, contra o Vitória. A participação dos dois times no Brasileirão 2013 terminou com um empate, em 2x2 . A novidade da equipe alvinegra foi a volta do craque Ronaldinho Gaúcho, que estava com uma lesão na coxa desde o dia 26 de setembro.

Goiás  0 x 3  Santos - O sonho de disputar novamente a Copa Libertadores da América chegou ao fim para o Goiás. Em pleno Serra Dourada a equipe esmeraldina decepcionou contra o Santos, caiu por 3 a 0 e terminou o Campeonato Brasileiro na sexta colocação, longe do G-4 e uma a frente do time paulista.

Portuguesa  0 x 0  Grêmio - A presença na 15ª Libertadores da sua história já era uma certeza. Restava saber se o Grêmio teria de passar pela primeira fase ou se já poderia celebrar seis jogos na fase de grupos da competição sul-americana. A segunda possibilidade se confirmou, quando o Tricolor empatou em 0 a 0 com a Portuguesa, no Canindé.

Internacional  0 x 0  Ponte Preta - Foi com um empate em 0 a 0, mas o Internacional cumpriu sua parte, pontuou contra o time C da Ponte Preta e escapou do rebaixamento. Não precisava ser tão sofrido, com ausência de gols e perigos por parte da Macaca, que dá prioridade para a Copa Sul-Americana e atuou apenas com jogadores que não vinham sendo utilizados - até o técnico não era o titular, já que Ailton comandou a equipe. Os colorados vaiaram seu time mesmo após o alívio no Estádio Centenário

Posição
Time
P
J
V
E
D
GP
GC
SG
1
Cruzeiro
76
38
23
7
8
77
37
40
2
Grêmio
65
38
18
11
9
42
35
7
3
Atlético-PR
64
38
18
10
10
65
49
16
4
Botafogo
61
38
17
10
11
55
41
14
5
Vitória
59
38
16
11
11
59
53
6
6
Goiás
59
38
16
11
11
48
44
4
7
Santos
57
38
15
12
11
51
38
13
8
Atlético-MG
57
38
15
12
12
49
38
11
9
São Paulo
50
38
14
8
16
39
40
-1
10
Corinthians
50
38
11
17
10
27
22
5
11
Flamengo
49
38
12
13
13
43
46
-3
12
Portuguesa
48
38
12
12
14
50
46
4
13
Coritiba
48
38
12
12
14
42
45
-3
14
Bahia
48
38
12
12
14
37
45
-8
15
Internacional
48
38
11
15
12
51
52
-1
16
Criciúma
46
38
13
7
18
49
63
-14
17
Fluminense
46
38
12
10
16
43
47
-4
18
Vasco
44
38
11
11
16
50
61
-11
19
Ponte Preta
37
38
9
10
19
37
55
-18
20
Náutico
20
38
5
5
28
22
79
-57

            Bom, foi assim que acabou o campeonato... mas apareceu a virada de jogo... e como muitos estão chamando “O Tapetão”.
            Descobriu-se que: a Portuguesa e o Flamengo teriam escalado dois jogadores irregularmente e, segundo o regulamento, a pena é a perda dos pontos conquistados em questão e mais três. No final do mês passado, o STJD (Superior tribunal de Justiça Desportiva) julgou os dois times culpados, ou seja, os dois perderiam 4 pontos – já que ambos empataram seus respectivos jogos ( um ponto) + três pontos por punição; deixando a tabela assim:

Posição
Time
P
J
V
E
D
GP
GC
SG
1
Cruzeiro
76
38
23
7
8
77
37
40
2
Grêmio
65
38
18
11
9
42
35
7
3
Atlético-PR
64
38
18
10
10
65
49
16
4
Botafogo
61
38
17
10
11
55
41
14
5
Vitória
59
38
16
11
11
59
53
6
6
Goiás
59
38
16
11
11
48
44
4
7
Santos
57
38
15
12
11
51
38
13
8
Atlético-MG
57
38
15
12
12
49
38
11
9
São Paulo
50
38
14
8
16
39
40
-1
10
Corinthians
50
38
11
17
10
27
22
5
11
Coritiba
48
38
12
12
14
42
45
-3
12
Bahia
48
38
12
12
14
37
45
-8
13
Internacional
48
38
11
15
12
51
52
-1
14
Criciúma
46
38
13
7
18
49
63
-14
15
Fluminense
46
38
12
10
16
43
47
-4
16
Flamengo
45
38
12
13
13
43
46
-3
17
Portuguesa
44
38
12
12
14
50
46
4
18
Vasco
44
38
11
11
16
50
61
-11
19
Ponte Preta
37
38
9
10
19
37
55
-18
20
Náutico
20
38
5
5
28
22
79
-57
  
            Dessa forma, como podemos analisar, o único clube beneficiado é o Fluminense, sendo a decisão do STJD vista por muitos torcedores como mais uma manobra do clube carioca de escapar da Série B ( abaixo está um vídeo produzido pela ESPN Brasil, contanto a história do Fluminense e suas viradas de mesa).


            Por várias semanas, torcedores do Fluminense foram hostilizados...
            Parecia que a Portuguesa estava fadada a jogar a Série B e o Fluminense, novamente iria se safar das consequências de seu futebol ruim no ano de 2013 – lembrando que, se o Fluminense for rebaixado, será o 1º time da história a ser campeão em um ano e rebaixado no ano seguinte... quando, de repente, uma surpresa: a CBF foi acionada pela justiça comum a devolver os pontos tanto do Flamengo, quanto da Portuguesa, baseado no Estatuto do Torcedor, que é uma lei federal.
             Há pouco tempo, as duas liminares que beneficiavam o Flamengo e a Portuguesa foi derrubada.
            No momento, não se sabe quem vai jogar a série A e a série B... a promotoria da justiça comum está investigando os fatos; sobretudo a questão da Portuguesa, pois envolve rebaixamento.
            A Portuguesa escalou um jogador que estaria suspenso. Em primeiro momento, o presidente da Lusa alegou que não recebeu nenhuma ligação do advogado informando a situação irregular do jogador. Recentemente houve a quebra do sigilo telefônico do clube, o que comprovou que houve sim uma ligação do advogado para a cede do clube.
            Essa semana, o promotor encarregado afirmou que alguém recebeu dinheiro para escalar erroneamente o jogador... e o presidente disse desconfiar de funcionários do clube.

            Se vocês me perguntarem o que eu acho, serei em clara: a Portuguesa tem o direito moral de disputar a Série A; assim como o Fluminense em 2010 não foi acusado, por ter o direito moral de campeão. Não vejo maldade na situação da Portuguesa, independente de qualquer resultado da última rodada, a Lusa não seria rebaixada, o resultado dentro de campo tem que ser SEMPRE respeitado.

            Toda a acusação da portuguesa  só acontece porque é um time pequeno, e brigando com um time grande. O Fluminense adora dizer que não tem absolutamente culpa nenhuma da acusação e punição à Lusa, mas todos sabemos que essa não é exatamente a verdade.
Contato Rapido

Cadastre seu E-mail!

Post do Mês

As Campeãs de Acesos:

- Copyright © Larga Eu -Aeisl Alvaro- Powered by Plataforma Rodell - Designed by Álvaro Santos -